Artigos, dicas e informações
sobre terceirização de mão-de-obra

A Segurança do trabalho para equipes terceirizadas

14 de julho de 2016

Nas últimas décadas, muitas empresas passaram a adotar equipes terceirizadas para realizar atividades dentro da empresa. Alguns especialistas consideram isso uma revolução em relação aos fluxos de produção de trabalho dentro de uma companhia. Exemplos disso são muito comuns no meio da construção civil. Muitas construtoras utilizam a mão de obra terceirizada para realizar diversas tarefas dentro do canteiro de obras.

Ao fazer a contratação, é importante conhecer como são desenvolvidas as políticas de segurança do trabalho pela empresa. Ela segue todas as regras? Ela oferece suporte ao trabalhador? Ela utiliza um plano de prevenção bem elaborado? Esses e outros aspectos devem ser avaliados sempre antes de fechar o contrato. Veja aqui como contratar uma empresa de terceirização.

Por outro lado, o contratante deve exercer uma forte influência ao definir regras de segurança dentro do ambiente de trabalho. Torna-se essencial que as atitudes em prol do bem-estar sejam estabelecidas por um acordo entre a empresa que contrata e a prestadora de serviço.

Por vezes, médicos ou engenheiros de segurança do trabalho assumem a responsabilidade de atuar como gestor da segurança das equipes terceirizadas. Contudo, outros profissionais e líderes podem assumir tal posição; como gerentes de serviços ou de operações. E, desta maneira, podem realizar programas de treinamento, realizar fiscalizações mais apuradas e incentivar os trabalhadores a seguir as regras de segurança com a intenção de evitar acidentes.

Como devem ser trabalhadas as questões de segurança do trabalho?

Esse cuidado com as equipes terceirizadas é uma forma de evitar que uma ocorrência não se transforme em um problema ainda maior para ambas as empresas: o contratante e a contratada. Da mesma forma, que preza pela vida do trabalhador, que devem estar acima das intenções das companhias.

Citamos anteriormente o canteiro de obras da construção civil, mas em qualquer ambiente a pessoa pode estar exposta a acidentes se não houver um plano de segurança do trabalho bem desenvolvido. Seja fornecendo Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) ou proporcionando condições de trabalho sem riscos à integridade física, é dever das empresas cuidar da vida do trabalhador durante sua jornada de trabalho.

Outra forma de criar conscientização nas equipes terceirizadas é por meio de treinamentos e palestras sobre segurança no ambiente de trabalho. A parceria entre a empresa contratada e a contratante pode ser a melhor solução na hora de passar esse conhecimento para seus funcionários. Afinal, quando essa atitude é realizada de forma conjunta, ela é ainda mais efetiva, pois as duas empresas podem ser responsabilizadas em caso de acidentes.

Além de eleger um gestor de segurança, uma forma de incentivar os trabalhadores é selecionar alguns funcionários para contribuir com a fiscalização da segurança dos outros companheiros. Esse esforço coletivo é significativo para evitar acidentes graves e que possam custar vidas. Por outro lado, mesmo que o trabalho da terceirizada seja pontual, é sempre bom valorizar essa característica de respeito às normas de segurança do colaborador.

A preservação do capital humano é fundamental

Ao contratar uma firma de prestação de serviço, o contratante deve oferecer as melhores condições de segurança do trabalho para as equipes terceirizadas. E escolher uma empresa contratada que valorize esses aspectos é importante para que todas as ações ocorram da melhor forma entre ambas as partes. 

Muito mais do que negócios, prezar pela segurança dos colaboradores é valorizar a vida humana. Por tal motivo, esta deve ser uma questão a ser tratada com cuidado e extrema atenção. Se em algum momento a vida desses indivíduos for interrompida ou ficarem incapacitados de trabalhar, muitas outras pessoas podem sofrer as consequências.

E quando falamos de segurança do trabalho, ressaltamos essa valorização do capital humano dentro das companhias. Sejam colaboradores contratados ou equipes terceirizadas, todos precisam das melhores condições de trabalho, sem riscos ou falta de qualidade de vida.

Gostou do tema? Ainda ficou com dúvidas sobre o assunto? Deixe sua opinião nos comentários! E, claro, não deixe de seguir nossos conteúdos com mais informações sobre terceirização. Até a próxima.

Deixe seu Comentário